A FISIOTERAPIA RESPIRATÓRIA visa melhorar a função pulmonar de forma a prevenir ou tratar doenças que acometem o sistema respiratório.

O fisioterapeuta respiratório atua tanto na área hospitalar quanto na ambulatorial. O tratamento ambulatorial ocorre em clinicas de fisioterapia com profissionais capacitados e pode ser dividida em duas fases:

 

  • Primeira fase: tem a função de promover a higienização pulmonar (remoção de secreção) e melhorar a ventilação dos pulmões que fica comprometida decorrentes de quadros como pneumonias, enfisema pulmonar e qualquer doença do sistema respiratório que cause acúmulo de secreção, tosse produtiva e falta de ar.

 

  • Segunda fase: conhecida como REABILITAÇÃO PULMONAR foca na melhora da função, promovendo uma terapêutica que restabelece o quadro clinico de dispneia (falta de ar aos pequenos esforços) associada a dificuldades em realizar as atividades de vida diária, sintoma comum em portadores de doença pulmonar crônica como enfisema pulmonar (DPOC), bronquiectasia, fibrose cística. Estes são os indivíduos mais beneficiados com o tratamento de fisioterapia respiratória, além de casos como pós operatório de cirurgias de redução pulmonar (lobectomia), asma, entre outros.